Blog

Nota Oficial ABPS 18 ago

Nota Oficial ABPS

As atribuições de uma criança, tal como acreditamos que devam ser, dizem respeito ao brincar, se divertir, aprender com os colegas de escola algo novo. Significa crescer rodeada de incentivos que a possibilite se tornar uma pessoa adulta sem medo, capaz de ter ideais e segui-los.

O que temos visto nos últimos dias em relação à exposição da menina vítima de abuso sexual, que passou por procedimento para interrupção da gestação, é por si só um assombro e perpetua o horror vivenciado por ela.

O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) traz em seus artigos diretrizes claras de tratamento de uma criança. Dentre elas: “É dever de todos velar pela dignidade da criança e do adolescente, pondo-os a salvo de qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório ou constrangedor.” (Art 18).

O Artigo 17 diz: “O direito ao respeito consiste na inviolabilidade da integridade física, psíquica e moral da criança e do adolescente, abrangendo a preservação da imagem, da identidade, da autonomia, dos valores, idéias e crenças, dos espaços e objetos pessoais.”

Esses artigos, que podemos considerar como pactos sociais, foram quebrados quando – para além do próprio sofrimento da criança – nós enquanto sociedade deixamos que ela sofresse agressões psíquicas e ataques vexatórios, perpetuando assim seu sofrimento.

Não podemos ser coniventes com a postura desumana que retira do anonimato um indivíduo que deveria estar envolto no brincar, sendo cuidado pela família e também tendo sua segurança e dignidade preservadas pelo Estado, como aponta o artigo 227 da Constituição Federal de 1988.

Repudiamos com veemência todas as atitudes vexatórias e desumanizantes que veem nuances onde existe apenas crime, e que colaboram para culpabilizar a vítima quando o único trabalho a ser feito é protegê-la.

 

Associação Brasileira de Psicodrama e Sociodrama

São Paulo, 18 de agosto de 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *